fbpx
trocar a tela do iPhone

Quais os riscos de usar uma tela de celular trincada?

O uso do iPhone exige certos cuidados para evitar danos físicos e problemas internos no aparelho. Afinal de contas, é muito desagradável uma tela de celular trincada, não é mesmo?

 

Mas não é só o fator estético que deve ser levado em consideração. Ao usar o aparelho com a tela comprometida, você põe em risco a saúde do seu celular — e a sua também! E o que parecia ser apenas uma simples trinca, acaba gerando transtornos maiores.

 

iPhone Seminovo

Quem depende do aparelho para trabalhar e se comunicar com a família não pode ficar a ver navios, especialmente em momentos de urgência. Por isso, cuidar bem do seu iPhone livra você de situações que podem ser resolvidas a um só toque.

 

Durante a leitura do post, você vai descobrir quais são os perigos de usar o celular com a tela trincada e o que fazer para evitar que ela quebre. Confira!

 

Riscos de usar o celular com a tela trincada

Não importa o tamanho do problema. Uma tela de celular danificada pode gerar riscos a você e ao aparelho. Saiba agora quais são eles!

 

 

Aumento da rachadura

O seu celular fica muito mais exposto após sofrer uma queda e a tela trincar. Com o tempo, a rachadura tende a aumentar, e o display acaba sendo afetado. Ainda que a trinca não seja muito grande ou profunda, ela pode se expandir e, em alguns casos, quebrar a tela em pedaços.

 

 

Risco de ferimentos

A tela trincada de um aparelho solta farelos de vidro, que atingem as mãos e os dedos ao toque e trazem o risco de pequenos cortes. Os ouvidos, os olhos e a boca também ficam expostos ao perigo. Para você não correr o risco, a troca de tela iPhone da superfície é a alternativa mais recomendada.

 

 

Perda da funcionalidade

Você nota que o seu iPhone não é mais o mesmo após sofrer uma queda e a tela trincar. Especialmente se ele cair de quina, situação em que o estrago costuma ser maior.

 

Em determinados casos, a tela não sofre danos, mas o display que é colado nela pode facilmente quebrar e deixar de funcionar. O contrário também acontece. E o perigo de o aparelho perder a funcionalidade sempre será maior se a superfície for atingida.

 

É que o impacto da queda pode causar prejuízos a componentes internos do celular. Isso faz com que ele pare de realizar comandos simples, como enviar mensagens ou permitir a discagem de números. Com a função touchscreen comprometida, você não pode usar o seu iPhone.

 

 

Exposição ao ambiente

Da mesma forma, o seu celular fica bastante vulnerável ao ambiente externo, caso a tela esteja trincada. As chances de ele ser afetado pela umidade, por exemplo, aumentam. E a água pode provocar a corrosão das partes metálicas que o compõem.

 

A poeira e outros tipos de resíduos também encontram uma porta de entrada para o aparelho. Assim, o funcionamento do smartphone é prejudicado ou, pior ainda, ele pode deixar de funcionar completamente. Nessa situação, além de trocar a tela, você terá de solicitar a retirada da sujeira depositada no interior do iPhone.

 

 

Dicas para evitar que a tela do celular quebre

Para que o seu celular não deixe você na mão, é importante tomar alguns cuidados. E ainda que ele caia no chão, você pode recorrer a acessórios para protegê-lo e evitar que a tela quebre. Por isso, preste muita atenção nas dicas a seguir!

 

 

Use a película

Encontrada em diferentes materiais, a película é um acessório que não pode faltar, caso você queira manter protegido o seu aparelho. A que mais absorve o impacto de uma queda é a de vidro. Muitas vezes, ela quebra, mas a tela permanece intacta.

 

As películas de silicone também ajudam a proteger o celular e evitar os indesejados arranhões, mas não são tão eficientes quanto às de vidro nas situações em que o aparelho cai no chão.

 

 

Não abra mão da capa com proteção

Opções de capas para celular não faltam. E a gente sempre indica os modelos que cobrem a borda da tela. Assim, durante uma possível queda, ela não é atingida de imediato. Itens que protegem tanto a frente como a parte de trás do aparelho, como os do tipo carteira, também são recomendados.

 

Em relação ao material, saiba que o silicone neutraliza o choque — e, portanto, evita rachaduras — com mais eficiência. Por sua vez, as capas feitas em acrílico são mais rígidas e costumam ser utilizadas para evitar os arranhões. Há, ainda, acessórios confeccionados com mais de uma matéria-prima.

 

 

Tenha cuidado ao colocar o celular na bolsa

Ao guardar o seu iPhone dentro da bolsa, é fundamental se certificar de que chaves, lixas, canetas e até agulhas não venham atingir a tela e riscá-la. Afinal de contas, qualquer dano à superfície aumenta as chances de formação de trincas no caso de uma possível queda.

 

Outro conselho é nunca colocar o celular no bolso traseiro da calça. Além do risco de furtos, ele pode cair. Há o perigo, também, de você sentar sobre ele e danificar sua tela ou até mesmo comprometer a funcionalidade do equipamento.

 

 

Evite usar o aparelho quando estiver em movimento

Seja para falar ao telefone ou para enviar uma mensagem, não é recomendado usar o aparelho enquanto caminha ou realiza alguma outra tarefa. Muitos acidentes acontecem justamente nos momentos de distração. Logo, todo cuidado é pouco, se você deseja manter o seu celular novo e intacto.

 

Para finalizar, é importante lembrar que é preciso trocar a tela do celular todas as vezes em que estiver trincada — e isso independentemente do tamanho do dano. Afinal, a saúde do seu aparelho e a sua devem estar em primeiro lugar.

 

Você já sabe quais são os riscos de uma tela de celular trincada e o que precisa ser feito para evitar que isso ocorra. Agora, é só seguir as nossas recomendações para não passar apuros, combinado?

 

 

iHelpU Instagram

 

 

Gostou do post? Para ficar por dentro de todas as nossas novidades, acompanhe a gente no Facebook e no Instagram!

Post a Comment