fbpx
Recall iPhone Quando isso ocorre - iHelpU

Recall iPhone: Quando isso ocorre?

O recall iPhone ocorre quando há uma grande falha na produção de dispositivos da marca. 

Um bom exemplo disso, foi o caso que ocorreu em agosto de 2018 com alguns modelos do iPhone 8.

De acordo com relatos, alguns aparelhos começaram a desligar e reiniciar sozinhos e repentinamente. 

Tudo isso aconteceu por conta de uma falha da fabricação e a Apple já fez a substituição da peça que estava com defeito: a placa lógica. 

Sempre que esse tipo de coisa acontecer, é considerado um recall iPhone. 

Além disso, todos os aparelhos com este defeito já foram arrumados e a empresa retirou de circulação todo o lote com o defeito. 

Mas isso não quer dizer que você pode se descuidar caso resolva comprar um iPhone 8. Muito pelo contrário, fique esperto e confira se ele está em boas condições! 

 

Como saber se o meu iPhone 8 veio com recall? 

 

Este recall iPhone do modelo número 8 foi identificado depois de vários aparelhos começarem a desligar e reiniciar sozinhos, sem nenhum tipo de comando. 

Problemas como este podem sim acontecer, mas somente depois de um tempo de uso, que pode levar até 2 anos depois da compra. 

Quanto aos problemas de recall, alguns usuários também relataram que a tela congelava sozinha. 

Se você comprou este modelo, confira na página criada pela Apple se o seu aparelho foi um dos afetados pelo problema. 

Neste portal você consegue verificar o número de série e conferir se ele bate com a relação de dispositivos defeituosos. 

 

 

O que fazer quando houver um recall iPhone?

 

Se você identificou que o aparelho é um dos afetados pelo recall iPhone, procure o suporte da marca imediatamente, afinal é seu direito de consumidor. 

E se você comprou o celular na Austrália, China, Índia, Japão, Nova Zelândia ou Estados Unidos, fique atento a isso, já que essas foram as regiões mais afetadas. 

Mas, independente do local, entre em contato com a Apple e relate o seu problema. 

Vale adiantar que a empresa recomenda um breve passo a passo antes de levar o iPhone para uma Apple Store ou Centro de Serviço Autorizado Apple (AASP). Confira: 

  1. Faça backup das mídias do seu dispositivo;
  2. Memorize a  senha do ID Apple. No caso de alguns reparos, você precisará da dela para apagar o dispositivo e desativar o Buscar iPhone; 
  3. Leve a nota fiscal do produto caso ainda tenha. O serviço pode exigir o comprovante de compra; 
  4. Leve o celular e todos os outros acessórios que você precisa de conserto;
  5. Leve um documento de identificação, como uma carteira de habilitação, passaporte ou outra identificação válida emitida pelo governo;
  6. Ligue para saber se é necessário agendar um horário antes de ir ao centro de serviço, caso ainda não tenha feito isso.

É preciso fazer alguma coisa antes de enviar o iPhone?

 

Sim, você precisa seguir algumas etapas antes de enviar o celular, até porque estamos falando de um recall iPhone, que não é um problema qualquer. 

Sendo assim, para realizar o envio, principalmente se ele não estiver respondendo aos comandos, é preciso: 

  1. Fazer backup do dispositivo iOS;
  2. Acessar Ajustes > Mensagens e desative o iMessage;
  3. Apagar o dispositivo. Acesse Ajustes > Geral > Redefinir > Apagar Conteúdo e Ajustes. Se necessário, insira o código de acesso e a senha do ID Apple. Se não for possível apagar o dispositivo porque ele não liga ou não responde, faça isso em iCloud.com; 
  4. Verificar se o Bloqueio de Ativação está desativado; 
  5. Remover o cartão SIM, a capa ou o protetor de tela do dispositivo e deixar o cabo e o carregador. 

Com tudo isso feito, você já pode enviar o smartphone e se a solicitação de reparo estiver agendada, você terá acesso às instruções de como fazer o processo de envio. 

Pode ser difícil identificar um recall iPhone, mas se tiver qualquer tipo de dúvida, leve direto na iHelpU para dar a assistência que o seu celular merece! 

 

O que fazer com recall iPhone?

 

Todo o produto com recall iPhone, ou com qualquer tipo de problema, pode sim ser trocado, já que é um direito de todo o consumidor. 

Em casos como este, há algumas circunstâncias que podem ajudar a realizar troca, mesmo que ela não seja um smartphone ou da Apple. Veja: 

Reclamação: O consumidor pode fazer a reclamação ao dentro de 90 dias para produtos duráveis. 

Nesse tipo de situação, é bem provável que o fornecedor indique uma assistência técnica autorizada.

Garantia: Independente de ser comprado via internet e de outro país, além da garantia contratual, há a garantia legal. 

E conforme o Artigo 50 Código de Defesa do Consumidor (CDC), todo o comprador tem direito a isso sempre que se sentir lesado

Procon: É mais aconselhado a procura pelo Procon quando a reclamação feita pelo comprador não é atendida ou resolvida pelo fornecedor.

Embora seja sim uma maneira eficaz de resolver as coisas, é melhor procurar apenas em último caso. 

Até porquê a empresa notificado tentará buscar um solução o mais rápido possível para realizar a conciliação da questão. 

 

Post a Comment